Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Coinbase integra Lightning Network, e diz que sistema de pagamentos dos EUA é lento, e não compensa

A empresa afirma que, com a integração da Lightning Network, o custo de enviar BTC globalmente é 20 vezes menor do que a média de 2% cobrada em transações com cartão de crédito.

A partir desta terça-feira (30), 56 milhões de usuários da Coinbase terão acesso à rede Lightning Network, pagamentos em segunda camada do Bitcoin. Na realidade, o meio de pagamentos Lightning funciona como “canais” fora do blockchain. Por meio deles, é possível transacionar Bitcoin a uma velocidade mais alta, e a um custo baixo.

Em comunicado à imprensa, a Coinbase justifica sua integração ao afirmar que o sistema global de pagamentos atual é demasiadamente lento e caro para atender adequadamente pessoas ao redor do mundo.

Faça parte da Comunidade BLOCKTRENDS PRO e lucre em cripto com relatórios semanais, análises diárias, sinais e lives exclusivas.

“Por exemplo, consumidores nos EUA pagaram cerca de US$ 75 bilhões em taxas de transações com cartão de crédito somente em 2022. E muitas transações nos EUA ainda levam dias para serem concluídas”, diz a Coinbase.

Portanto, a maior corretora cripto dos Estados Unidos saúda a tecnologia blockchain. A empresa afirma que, com a integração da Lightning Network na Coinbase, o custo de enviar BTC globalmente é 20 vezes menor do que a média de 2% cobrada em transações com cartão de crédito.

“O futuro dos pagamentos é a criptomoeda, e a Coinbase está empenhada em construir e escalar pagamentos mais rápidos, baratos e seguros através das redes blockchain. Ao se associar com a Lightspark para integrar a Lightning Network, a Coinbase está demonstrando seu apoio ao Bitcoin enquanto se concentra em reduzir tanto os tempos de transação quanto as taxas”, anunciou.

Lightning Network

Desde seu lançamento em 2017, a Lightning Network tem crescido constantemente, levando a um aumento na demanda de pagamentos por meio do canal. Atualmente, o canal viabiliza pagamentos no valor de mais de US$ 300 milhões.

Bitcoin Lightning Network Coinbase
(Fonte: Bitcoin Visuals)

“Com esta integração, os clientes da Coinbase agora podem enviar, receber ou pagar com bitcoin na Lightning diretamente de suas contas na Coinbase”, afirmou a corretora.

Além disso, mais de 15 mil validadores garantem a segurança da rede de pagamentos Lightning. A função destes nós é de colocar as movimentações que ocorreram nest canal dentro do blockchain principal.

“Essas inovações baseadas em blockchain liberarão capital preso em taxas desnecessárias e atrasos de liquidação. Desse modo, permitindo que consumidores e empresas façam mais com seu dinheiro”, diz a Coinbase. A integração da Coinbase com a Lightning Network não está disponível em todas as regiões, conforme anunciou a corretora.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Trader faz US$ 6.500 virar US$ 5,6 milhões com criptomoedas meme do Trump após ele falar bem do mercado “O único defensor do livre mercado no mundo é bizarramente da Argentina”, diz ex-gestor de George Soros Instituto mobiliza BTG e Starlink, de Musk, para garantir internet em meio a enchentes no RS Bybit começa a oferecer renda passiva em dólar descentralizado Baleia de Bitcoin acorda após 10 anos e move US$43,9 milhões que comprou por US$2 dólares