Blockchain

Binance trava saques em Real

Um dia após encerrar prazo para as novas regras do BC sobre KYC, Binance enfrenta problemas com saques em Real.

Responsável por 48% do volume de negociações no Brasil, a corretora Binance tem apresentado instabilidade e trava saques em Real, com avisos de “manutenção”, segundo relatam usuários.

A Exchange, que segundo fontes ouvidas pelo BlockTrends teria em torno de 10 milhões de clientes no Brasil, passou por problemas similares em outros países na última semana.

A empresa, que transacionou cerca de 750 bitcoins nas últimas 24h, alega que os saques em P2P continuam a operar normalmente, com clientes podendo sacar também em criptomoedas.

Em 13 de junho, a exchange interrompeu temporariamente saques em Bitcoin, levando o CEO da empresa a se comunicar utilizando o Twitter para tranquilizar usuários.

As restrições no Brasil, como em outros países, ocorrem especialmente pela relação conflituosa da exchange com órgãos reguladores.

A Binance enfrenta resistências no mercado financeiro tradicional, em especial por não estabelecer suas operações no Brasil.

Recentemente o CEO da empresa esteve no Brasil em busca de aproximação, chegando a conversar com Campos Neto, presidente do Banco Centeal. A Binance alegou que iria estabelecer uma sede no Brasil, na cidade do Rio de Janeiro.

O anúncio foi feito após o prefeito do Rio, Eduardo Paes, anunciar que a cidade passaria a aceitar pagamentos em criptomoedas, além de alocar 1% do seu Tesouro em cripto.

Nesta quinta-feira, dia 16, se encerrou o prazo para atualização das regras do BC sobre o chamado “KYC”, ou “Know your costumer” (conheça seu cliente). A empresa de CZ possui há anos restrições à prática.

A Binance alega que buscará resolver a questão em até 72h.

Notícias relacionadas

Quer aprender a investir em criptoativos na bolsa, de forma prática e inteligente? Nós preparamos um curso gratuito com o passo a passo. Clique aqui para acessar.