Artigo

Atlas Quantum entra com processo de R$3,2 bilhões contra a CVM


Por Hugo Montan
Agosto 18, 2021

[post-views]

A Atlas Quantum protocolou um processo contra a Comissão de Valores Mobiliários no valor de R$3,2 bilhões de reais, a defensoria da empresa alega que a reguladora foi responsável pela derrocada da empresa.

A Atlas Quantum, empresa brasileira focada no setor de criptoativos, protocolou um processo judicial contra a CVM (Comissão de Valores Mobiliários), acusando e apontando a reguladora como órgão responsável pelo declínio da empresa, segundo a Cointelegraph Brasil.

Atualmente a empresa não presta nenhum tipo de serviço a clientes e se tornou o centro das atenções de uma das maiores disputas judiciais do mercado cripto nacional. Em 2019, a CVM emitiu a decisão de suspender a oferta de produtos da empresa, desde então todos os clientes da empresa tiveram seus fundos congelados e saques negados. 

De acordo com a petição protocolada junto à Justiça Federal da 3ª Região, que se tornou pública através do documento 5022 069 -12.2021.4.03.6100, a Atlas Quantum pede ressarcimento de mais de R$3.167.328.800 à CVM pela decisão de suspender a negociação de produtos da empresa em 2019, segundo a Atlas, essa foi a razão pela qual a empresa entrou em decadência. 

Pelas estimativas, a Atlas Quantum resultou em um prejuízo de mais de R$4 bilhões aos investidores e vem acumulando processos movidos por investidores prejudicados. 


Para se manter atualizado, siga a QR Capital no Instagram e no Twitter.

cool good eh love2 cute confused notgood numb disgusting fail