Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Aethir (ATH) lança tokens hoje. Brasil é mercado essencial, diz CRO em entrevista

Durante a entrevista, Thind diz que o Brasil é um mercado essencial para a equipe.

A Aethir (ATH) realizou seu TGE (evento de criação de token) nesta quarta-feira (12). O projeto mira em ser um provedor de GPU com foco em IA e jogos. Durante a Consensus 2024 o BlockTrends entrevistou Paul Thind, Chief Revenue Officer da Aethir, que atua na indústria de jogos há cerca de 25 anos.

A infraestrutura de computação em nuvem descentralizada da Aethir busca permitir que os provedores de GPU se conectem com clientes corporativos que precisam da potência bruta para fabricação de jogos de alta qualidade.

Faça parte da Comunidade BLOCKTRENDS PRO e lucre em cripto com relatórios semanais, análises diárias, sinais e lives exclusivas.

Em março, o projeto vendeu licenças para que pessoas pudessem rodar um node. Ou seja, ser um validador desta infraestrutura. Foram levantados cerca de US$ 120 milhões em vendas. Atualmente, o token Aethir (ATH) está sendo listado em corretoras como Bybit e Bitifinex.

Thind relata que atualmente, o roteiro da Aethir é fazer parcerias e expandir o produto. “Estamos trabalhando com muitas empresas diferentes de Web3. Há algumas semanas, acabamos de anunciar um acordo com a Magic Eden”, lembrou.

“Estamos fazendo isso, trabalhando com plataformas, empresas de jogos e, obviamente, muitas empresas de IA. Acho que o GPU é finito como recurso. O que fazemos é pegar GPUs subutilizadas”, explica.

A ideia é que o fornecedor coloque na plataforma da Aethir, conta Thind. “Se eles estão utilizando a uma taxa de 10% e já pagaram por isso, podemos basicamente indexar, verificar, mediar e expô-las a desenvolvedores de jogos e desenvolvedores de aplicativos de IA”, explica.

Brasil é essencial

Durante a entrevista, Thind diz que o Brasil é um mercado essencial para a equipe. Ele explica que o mercado de jogos, junto com mercado de cripto, são setores exponenciais no país.

“O Brasil é realmente interessante para mim pessoalmente porque estou no setor de jogos há muito tempo. Como mercado de FPS, é enorme. Existem cerca de 3,4 bilhões de jogadores no planeta. 2,8 bilhões desses estão jogando em dispositivos de baixa qualidade”, diz.

“Então, se você pegar um mercado como o Brasil, pode haver pessoas que não têm o melhor PC. O que a Aethir faz é democratizar e descentralizar tudo isso. Então, você pode jogar um jogo Unreal Engine 5, por exemplo, no seu iPad, Mac ou telefone”, explica.

Em sua opinião, essas são as inovações e tecnologias de suporte e suporte a desenvolvedores de jogos que querem alcançar mercados como o Brasil. “E acho que nossa plataforma é realmente adequada para ajudar nisso”, diz.

No que tange a convergência entre o setor de IA e de criptomoedas, o CRO afirma estar bastante otimista com o que pode vir devido à pressão por inovação que produtos começaram a exigir.

“Quando se trata de desenvolvedores sendo pressionados pelo custo do cálculo de GPU para testar seus LLMs ou outros modelos de aprendizado de máquina, acho que isso é um grande problema e é um que a Aethir está tentando resolver.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Mt. Gox diz que vai pagar US$ 8 bilhões aos credores semana que vem Ancord e BlockTrends lançam primeira Certificação em Criptoativos do Mercado Financeiro e de Capitais Donald Trump Agora Possui US$ 30 Milhões em Memecoins DOG é listada na Bybit e atinge máxima histórica pelo segundo dia consecutivo DOG, memecoin no Bitcoin, atinge nova máxima histórica