Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Liquidações de ‘Longs’ ultrapassam US$ 330 milhões com queda do Bitcoin

A correção de quase 10% no Bitcoin impulsionou US$ 87 milhões em liquidações de traders que apostavam na alta do BTC no mercado futuro.

O mercado de criptomoedas testemunhou uma onda de liquidações de posições compradas, ultrapassando US$ 330 milhões, à medida que o Bitcoin (BTC) e o Ether (ETH) enfrentaram quedas significativas. O Bitcoin experimentou uma desvalorização significativa, caindo para US$ 40.600 na sessão asiática, de um pico anterior de US$44.700, marcando uma queda de quase 10%.

O Ether também registrou uma queda de quase 5%, sendo negociado a US$ 2.150. Dessa forma, acompanhado por uma tendência semelhante na maioria das altcoins, segundo Trading View.

Essa volatilidade resultou em liquidações substanciais de posições longas em exchanges centralizadas. Liquidações de mais de US$ 98 milhões em posições de bitcoin ocorreram, sendo a maioria delas (US$ 87 milhões) em posições compradas.

No total, o mercado de criptomoedas registrou US$ 330 milhões em liquidações de posições ‘long’. Assim, contribuindo para um total de US$ 389 milhões em liquidações em várias exchanges, de acordo com dados da CoinGlass.

Mecânica das Liquidações

Nas liquidações de derivativos, a posição de um trader é fechada à força devido à insuficiência de fundos para cobrir as perdas. Isso ocorre quando os movimentos do mercado são desfavoráveis à posição do trader, levando à exaustão de sua margem inicial ou garantia.

Portanto, apesar da volatilidade atual, os analistas mantêm uma visão positiva sobre as criptomoedas. Especialistas da empresa de gestão de investimentos VanEck preveem que o Bitcoin atingirá novos recordes até o quarto trimestre do próximo ano.

As expectativas para o próximo evento de halving do Bitcoin e o potencial lançamento de um fundo negociado em bolsa (ETF) de Bitcoin à vista impulsionam esse otimismo.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Bitcoin decola 50% em fevereiro. Ainda vale a pena comprar? BlackRock, maior gestora do mundo, começa a oferecer ETF de Bitcoin na B3 Crise diplomática com Israel impacta FAB, agro e energia no Brasil Aos 85 anos, Abílio Diniz ainda inovava e apostou em cripto Apple bloqueia pornografia em Vision Pro e usuários ficam irritadíssimos