Fundos de investimento possuem 2 vezes o valor do Banco do Brasil em bitcoin

Os fundos de investimento ao redor do mundo já mantêm uma oferta de bitcoins que é equivalente a cerca de R$216 bilhões, espalhados por diversas ferramentas de investimento.

De acordo com o relatório do Financial News, os fundos de investimento globais detêm mais de $43 bilhões em bitcoins em nome de seus clientes, essa quantia é equivalente a 2 vezes o valor de um dos maiores bancos do Brasil, o Banco do Brasil. Do Lado corporativo, a participação atinge um total de $6,5 bilhões. 

O movimento evidencia cada vez mais como o bitcoin está se tornando um investimento plausível para os mais céticos do assunto. Anatoly Crachilov, CEO da Nickel Digital, empresa relatora do documento, disse ao Financial Times que a inclusão do bitcoin nas carteiras dos principais gestores de ativos globais foi um “marco muito importante para a funcionalidade emergente do bitcoin de hedge contra a inflação”.

À medida que a onda de adoção institucional se aproxima, o bitcoin se torna cada vez mais inevitável. Investidores tradicionais e veteranos do mercado como Paul Tudor Jones e Ray Dalio estão se rendendo aos poucos à alocação de pequenas partes do portfólio em bitcoin. Neste cenário é natural que os bancos entrem na onda e busquem fornecer produtos com exposição em bitcoin aos seus clientes. 

Tudo sobre blockchain, investimentos e economia.

Assine a nossa newsletter

BLOCKTRENDS

Assine Grátis nossa Newsletter e acompanhe as tendências sobre blockchain, investimentos e economia.

Goldman Sachs, Morgan Stanley e BNY Mellon estão pouco a pouco aumentando a quantidade de produtos oferecidos com exposição em bitcoin à medida que o Bull Market tem continuidade. Investidores que anteriormente se opuseram à tese do Bitcoin, como o próprio Tudor Jones, estão voltando atrás e enxergando outro horizonte por trás do ativo anti-inflacionário que vem se destacando durante a conjuntura de maior expansão monetária já registrada na humanidade. 

Os dados da Nickel Digital apontam que entre os fundos de investimentos atuais que possuem bitcoin, três quintos do total estão sediados na América do Norte. Além disso, muitas empresas adicionaram bitcoin a seus balanços, com as participações em bitcoins corporativos atingindo mais de $6,5 bilhões. Um número que 81% dos investidores institucionais europeus e gestores de patrimônio pesquisados pela Nickel esperam ver crescer.


Para se manter atualizado, siga a QR Capital no Instagram e no Twitter.

Hugo Montan

Estudante e funcionário da QR Capital.

Comentar

Posts Recentes

E se os times brasileiros tivessem comprado Bitcoin no lugar de jogadores?

O mercado da bola brasileiro costuma ser um grande centro de negociações milionárias, tendo isso…

11 horas atrás

Jack Dorsey diz que Bitcoin compõe “grande parte” do futuro do Twitter

O CEO do Twitter e evangelista do Bitcoin, Jack Dorsey, declarou publicamente que o Bitcoin…

3 dias atrás

Amazon mostra interesse em aceitar criptomoedas

Pela primeira vez, a gigante do mercado de e-commerce Amazon mostrou interesse em criptomoedas como…

4 dias atrás

Metade dos ultra-ricos querem bitcoin, revela pesquisa do Goldman Sachs

As empresas que administram a riqueza e os assuntos pessoais dos ricos procuram cada vez…

4 dias atrás

Kodak é censurada pelo PCCh e jura “respeitar o governo chinês”

A Kodak deletou uma postagem que retratava a região de Xinjiang seu Instagram após ser…

4 dias atrás

Elon Musk revela que SpaceX comprou bitcoin

A Tesla não está sozinha quando o assunto é ter bitcoin em caixa, além de…

5 dias atrás

Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com o armazenamento de cookies no seu dispositivo para melhorar a navegação no site e ajudar em nossos esforços de marketing.

Política de Privacidade