EUA tem 10 milhões de empregos “sobrando” e empresas com dificuldade para contratar

O número de pedidos de demissão nos EUA bateu recorde no mês de agosto, com cerca de 4,3 milhões de americanos abandonando seus ofícios. Ao todo, existe uma lacuna empregatícia de 10,4 milhões de vagas no país. 

A taxa de inflação dos EUA (Consumer Price Index) atingiu sua máxima de 13 anos com a divulgação dos resultados de setembro, chegando a marca de 5,4%. No mês, a taxa se elevou em 0,4%, o dobro do consenso esperado pelos economistas. 

A explosão da inflação no ano reflete preços acentuadamente mais altos nos mais diversos setores, alcançando desde os alimentos até eletrodomésticos, móveis, carros e aluguéis.

O persistente aumento dos preços, que o presidente Joe Biden e Jerome Powell (Presidente do Federal Reserve) consideram como “transitórios”, surgem à medida que enormes gargalos na cadeia de suprimentos interrompem o fluxo de mercadoria para os consumidores. 

Mesmo com os preços disparando, ao que tudo indica os americanos não estão preocupados em manter suas fontes de renda, uma vez que o número de pedidos de demissão atingiram o seu recorde em agosto, com 4.3 milhões de americanos abandonando seus postos.

Segundo o Departamento do Trabalho americano, as desistências foram de 4 milhões em julho para 4.3 milhões em agosto, o maior número de registros que datam desde dezembro de 2000. As contratações também desaceleraram em agosto, mostrou o relatório, e o número de vagas disponíveis caiu para 10,4 milhões, de um recorde de 11,1 milhões no mês anterior.

Os dados sugerem fortemente que a variante delta causou estragos no mercado de trabalho em agosto. Com o aumento dos casos de COVID, as demissões aumentaram em restaurantes e hotéis e aumentaram em outros empregos públicos, como varejo e educação.

A escassez de mão-de-obra tem se mostrado um dos maiores problemas da economia americana, motivada pelas crescentes políticas de seguridade social exercidas durante a pandemia de COVID-19. Mesmo com os sucessivos aumentos nos pisos salariais fornecidos pela iniciativa privada, os novos salários propostos não obtiveram grande adesão, e o número de vagas remanescentes ainda é alto. 

O McDonalds anunciou em maio que aumentaria os salários iniciais em seus restaurantes de propriedade corporativa de US $11 para US $17. Esse piso salarial ainda aumentou para US $18 dólares, como anunciado em diversos banners em unidades (em alguns estados, unidades passaram a oferecer salários acima da casa dos US $22). 

Outra grande corporação como a Amazon, anunciou que está contratando mais de 125.000 motoristas e funcionários de depósitos pagando um salário médio inicial de US $18 por hora até US $22,50 em alguns lugares. 


Você pode curtir também ler estes textos aqui:

PORQUE O REAL É A SHITCOIN SUPREMA

TESLA ABANDONA CALIFÓRNIA E ESCOLHE O TEXAS COMO NOVA CASA

Hugo Montan

Estudante e funcionário da QR Capital.

Comentar

Posts Recentes

Petrobras já vendeu R$250 bilhões em ativos. E o lucro só cresce.

Focando no seu negócio principal de produção e exploração, a estatal se desfez de inúmeros…

5 horas atrás

Como a Magalu foi de estrela da bolsa a -73% de queda no ano

Após uma alta superior a 30.000%, a Magalu agora enfrenta uma tempestade perfeita que derruba…

1 dia atrás

8 mitos sobre o governo Lula em que você sempre acreditou

Muito antes dos grampos da Operação Lava Jato exporem parte daquilo que o ex-presidente Lula…

2 dias atrás

Seu tio estava certo. Investir em terrenos é uma boa ideia, ao menos no Metaverso

Comprar um terreno em um ambiente virtual pode custar mais caro do que uma cobertura…

3 dias atrás

Carros voadores serão realidade já nas olimpíadas de 2024, em Paris

O evento mais assistido do planeta, as Olimpíadas, deve se tornar uma vitrine para exposição…

3 dias atrás

Com venda de refinaria da Petrobras, Brasil pôs fim a um monopólio de 69 anos

Pela primeira vez desde 1953, o setor privado passa a ter fatia relevante no refino…

4 dias atrás

Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com o armazenamento de cookies no seu dispositivo para melhorar a navegação no site e ajudar em nossos esforços de marketing.

Política de Privacidade