Categorias: BlockchainNotícias

Como funcionam os fan tokens lançados por times de futebol

Em parceria com a Socios.com, o Flamengo irá lançar o seu próprio fan-token, ativo digital que abre uma série de oportunidades para o clube. Aqui explicamos como funciona esse tipo de ativo e todas as suas utilizações.

Nesta semana, o Flamengo anunciou a parceria com a Socios.com para o lançamento e venda de seus mais novos fan tokens. Até então, no Brasil apenas o Atlético Mineiro, Cruzeiro, Vasco e Corinthians haviam lançado seus tokens. 

O sucesso dos Fan Tokens marcaram de vez a inserção do mercado criptográfico no meio esportivo, com os gigantes do futebol mundial comercializando seus próprios tokens e concedendo diversas utilidades a esse tipo de ativo digital. Barcelona, Juventus, PSG e Milan são apenas alguns exemplos dos clubes europeus que comercializam seus próprios tokens em parceria com a Socios.com. 

Com a chegada desse tipo de ativo no futebol brasileiro, muito se fala sobre a popularidade e adoção por parte dos torcedores, mas são poucas as pessoas que de fato compreendem o funcionamento e as funções dos tokens.

Tendo isso em vista, vamos explicar aqui tudo que você precisa saber para entender como funcionam os tokens do seu time do coração:

O que são Fan Tokens?

É natural que principiantes do mercado não compreendam a diferença entre criptomoedas e tokens, afinal, em boa parte das ocasiões ambos os ativos são tratados da mesma maneira, sendo constantemente confundidos. 

Basicamente, uma criptomoeda como o Bitcoin possui uma blockchain própria, um sistema de registro de dados totalmente voltado e construído para o funcionamento do ativo digital. Um token é construído tendo como base uma blockchain já existente, como a blockchain do Ethereum que possibilita o desenvolvimento de projetos dentro dela. 

Os tokens podem ter diversas utilidades, sendo desde veículos financeiros que servem como dinheiro (Payment tokens), até cupons de desconto (Utility tokens). 

Dessa forma, um fan token se enquadra na grade dos Utility Tokens, uma vez que ele fornece uma série de benefícios ao seu detentor. Ao possuir determinada quantidade dos tokens, o torcedor ganha acesso a uma variedade de regalias do time, como poder de voto em decisões internas, experiências, descontos promocionais entre outros. 

Um fan token comumente varia de acordo com os acontecimentos internos do clube e seu respectivo desempenho nos campeonatos. Um grande exemplo disso foi a valorização de mais de 132% experienciada pelo token do PSG com a contratação de Messi.

Os tokens são comprados principalmente no crypto exchange Socios.com, empresa que é responsável pelo desenvolvimento do Chiliz (CHZ). A empresa desenvolve os fan tokens tendo como base o Chiliz, que é exatamente o que une esses dois universos e possibilita a interação entre os torcedores.

Como os clubes faturam?

Os fan tokens concedem ao time mais uma forma de monetizar sua base de torcedores, que são impulsionados pelo seu clubismo e muitas vezes pelo mercado especulativo por trás dos ativos. A prática de se adquirir tokens de diferentes times tendo em vista a conquista de lucros futuros tem aumentado à medida que cada vez mais pessoas embarcam nesse mercado. 

Um clube pode, por exemplo, emitir uma nova oferta de tokens em busca de arrecadar capital para lidar com suas próprias despesas, da mesma forma que governos tradicionalmente emitem títulos.

No começo deste mês, o Corinthians arrecadou mais de R$8,8 milhões em apenas duas horas com o lançamento de seu token, o SCCP. Ao todo foram emitidas 850 mil unidades de $SCCP e cada torcedor pode adquirir no máximo 50 ativos por vez. 


Você pode curtir também ler estes textos aqui:

CRIPTOMOEDA INVESTIDA POR FELIPE NETO FICA 17 HORAS FORA DO AR E CAI 20%

B3 E QR ASSET LANÇAM CURSO GRATUITO SOBRE CRIPTO

Hugo Montan

Estudante e funcionário da QR Capital.

Comentar

Posts Recentes

Petrobras já vendeu R$250 bilhões em ativos. E o lucro só cresce.

Focando no seu negócio principal de produção e exploração, a estatal se desfez de inúmeros…

6 horas atrás

Como a Magalu foi de estrela da bolsa a -73% de queda no ano

Após uma alta superior a 30.000%, a Magalu agora enfrenta uma tempestade perfeita que derruba…

1 dia atrás

8 mitos sobre o governo Lula em que você sempre acreditou

Muito antes dos grampos da Operação Lava Jato exporem parte daquilo que o ex-presidente Lula…

3 dias atrás

Seu tio estava certo. Investir em terrenos é uma boa ideia, ao menos no Metaverso

Comprar um terreno em um ambiente virtual pode custar mais caro do que uma cobertura…

3 dias atrás

Carros voadores serão realidade já nas olimpíadas de 2024, em Paris

O evento mais assistido do planeta, as Olimpíadas, deve se tornar uma vitrine para exposição…

3 dias atrás

Com venda de refinaria da Petrobras, Brasil pôs fim a um monopólio de 69 anos

Pela primeira vez desde 1953, o setor privado passa a ter fatia relevante no refino…

4 dias atrás

Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com o armazenamento de cookies no seu dispositivo para melhorar a navegação no site e ajudar em nossos esforços de marketing.

Política de Privacidade